por

O que faz um Business Coach e como se tornar um?

Criado com o objetivo de gerar impactos positivos em um ambiente corporativo, tanto a curto quanto a médio prazo, o business coach é uma modalidade de coaching que visa melhorar o desempenho de gestores e empreendedores.

De forma similar, há o trabalho dos consultores empresariais, que, em suma, avaliam um negócio e oferecem diagnósticos acompanhados por sugestões de planos de ações que possibilitem a prosperidade da organização.

À primeira vista, esses dois profissionais podem parecer desempenhar o mesmo ofício, porém, existem diferenças fundamentais em suas atuações. No artigo de hoje falaremos sobre o business coach e como você pode se tornar um. Explicaremos, ainda, as principais diferenças em relação a uma consultoria e quais são os focos de cada uma dessas modalidades. Confira!

O que é Business Coaching?

A busca por bons consultores é uma prática já amplamente consolidada em muitas organizações. De fato, é comum que as empresas contratem esses profissionais para encontrar soluções e potencializar processos.

No entanto, os profissionais que trabalham com o business coaching são relativamente novos quando comparados a outros tipos de coaching disponíveis no mercado. Geralmente, os consultores são responsáveis por identificar o que há de errado com a empresa, para, em seguida, propor possíveis soluções.

Por sua vez, os Business coaches adotam uma metodologia diferente, destinando o foco do trabalho para fatores ligados à motivação de seus clientes — aliando alta performance com a melhoria na qualidade de vida.

Os líderes que acessam essa ajuda profissional, recebem um valioso auxílio para incrementar a eficiência em seus processos de tomadas de decisões, a fim de evitar a realização de investimentos desnecessários e otimizar a utilização dos recursos existentes.

Quais são os principais objetivos do Business Coaching?

O universo corporativo tem se tornado cada vez mais competitivo. Logo, profissionais que desejam conquistar espaço e, assim, consolidar suas carreiras, devem se dedicar ao desenvolvimento de competências e ao fortalecimento de seus relacionamentos profissionais — o famoso networking.

Aqueles que atuam em postos de liderança devem estar constantemente voltados para a atualização dos seus conhecimentos e das tendências mercadológicas, com vistas a tomarem decisões mais eficazes.

O business coaching — também conhecido como coaching de negócios — surge, nesse contexto, como uma espécie de treinamento direcionado ao aumento da performance e à melhoria dos resultados profissionais de seus clientes.

O coaching de negócios aplica técnicas específicas para cada tipo de cargo. De maneira geral, quanto mais hierarquicamente elevado o cargo do profissional, mais delicada e impactante são as suas decisões.

O business coaching se concentra, portanto, na busca de resultados superiores, direcionando suas estratégias para a lapidação do trabalho realizado no ambiente profissional.

Partindo da premissa de que o sucesso de um negócio é diretamente vinculado à capacitação de seus colaboradores, o business coaching prioriza treinamentos personalizados, perseguindo continuamente a superação do profissional em questão.

Como é o trabalho do business coach?

O business coach lida com duas principais áreas: business effectiveness e personal effectiveness (eficiência de negócios e eficiência pessoal, respectivamente, em tradução livre).

Business effectiveness é a área responsável por abordar problemas em âmbitos específicos da empresa, como setores e departamentos que se encontram defasados ou com algum problema capaz de afetar diretamente na produtividade das equipes profissionais.

Por sua vez, personal effectiveness trata dos hábitos (dos gestores e, também, dos funcionários) que afetam as rotinas dentro das empresas.

Quando o business coach trabalha com esses dois segmentos em conjunto, é possível otimizar a coordenação das tomadas de decisões e aprimorar a execução dos processos já existentes, enquanto qualifica a comunicação corporativa.

Business coach x consultor de negócios: qual a diferença?

O trabalho de consultoria em organizações empresariais vem sendo utilizado há muito tempo. De modo geral, quando uma empresa contrata um consultor de negócios, ela deseja corrigir deficiências, eliminar gargalos ou elaborar novas estratégias para atingir melhores resultados.

Por outro lado, as ações desenvolvidas pelo business coach ainda não são amplamente conhecidas, sobretudo em segmentos mais tradicionais e, de certo modo, refratários à inovação de seus processos internos.

Um dos elementos mais importantes para estabelecer as diferenças entre ambos os profissionais consiste no fato de que, para o consultor, o foco é a empresa como um todo e, por isso, ele tende a empregar metodologias pré-determinadas para a identificação e a superação de ineficiências.

Contrariamente, o business coach desloca o foco para o indíviduo: em vez de propor soluções, ele incentiva os profissionais a tirarem suas próprias conclusões e encontrar soluções realistas e acionáveis.

Outra grande diferença pode ser encontrada em suas atuações práticas: enquanto os consultores buscam maximizar os lucros de seus clientes, os business coaches procuram lapidar as aptidões de seus colaboradores.

Em outras palavras, a consultoria busca oferecer soluções e diagnósticos aplicados a problemas mais específicos. O coach, mais do que melhorias segmentadas, propõe a reinvenção e evolução contínua do profissional.

Ressalte-se que não desejamos hierarquizar ou promover um em detrimento do outro. Afinal de contas, tratam-se de trabalhos e focos diferentes. Todavia, ambos viabilizam uma contribuição inestimável para a construção da prosperidade pessoal e profissional.

Como se tornar um business coach?

Profissionais que já atuam no ramo de consultoria podem se tornar coaches empresariais, iniciando suas carreiras com um sólido know-how sobre os ambientes corporativos. Para isso, os interessados devem se capacitar por meio de cursos e treinamento, a fim de conhecerem os pilares desse ofício.

As perspectivas de mercado para quem atua nessa área são muito boas, pois, as empresas estão cada vez mais interessadas nesse tipo de trabalho, devido à boa reputação adquirida por esses profissionais.

Portanto, caso você tenha interesse em se tornar um business coach, o que você deve fazer, antes de qualquer outra coisa, é se capacitar. Nos cursos de treinamento é possível aprender mais sobre o trabalho em si, cultivar um bom networking na área e, também, trocar ideias e experiências com profissionais extremamente competentes e altamente qualificados.

Gostou do nosso artigo? Entendeu quais são as principais atribuições de um business coach e o que fazer para se tornar um? Compartilhe esse post em suas redes sociais para que todos os seus amigos também fiquem atualizados quanto ao tema!

Artigos Relacionados


Also published on Medium.